hildon chaves prefeitura de porto velho

Prefeitura de Porto Velho encerra 2022 com 90% das crianças do 1º ao 3º ano alfabetizadas na idade certa

A Prefeitura de Porto Velho, administrada por Hildon Chaves (União Brasil), comemorou os avanços na alfabetização das crianças do 1º ao 3º ano do ensino fundamental. Em 2022, o índice de alunos alfabetizados na idade certa saltou de 36% para 90%. Os dados foram apresentados pelo Comitê Gestor do Programa Alfabetiza Porto Velho, implementado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) em parceria com o Tribunal de Contas de Rondônia (TCE/RO).

“Isso é um dado histórico, até porque, mesmo antes da pandemia, em 2016, 50% dos alunos terminaram o 3º ano sem estarem alfabetizados. Realmente é uma transformação da educação e vem ratificar a importância do Programa Alfabetiza e da parceria com o Tribunal de Contas do estado”, destacou a secretária Gláucia Negreiros (Semed).

Para ela, esse é o maior e melhor ganho da educação no município, que precisa ter qualidade evidenciada para a população, para os pais e, principalmente, para a vida dos estudantes. Acrescentou que, melhor que ter escolas bem estruturadas, é entregar resultado de aprendizagem, com a criança finalizando o ano letivo sabendo ler e escrever na idade certa.

Na prática, conforme a secretária, os alunos contam com professores que passaram por formação constante e continuada durante todo ano letivo. Eles utilizam instrumentos que avaliam e certificam a aprendizagem das crianças. “Isso é administrado dentro de um sistema de monitoramento mensal, que foi idealizado pelo Tribunal de Contas, sendo feito um acompanhamento com o professor, supervisor da escola e equipe do próprio Tribunal”, explicou.

Ainda de acordo com Gláucia Negreiros, para o município isso significa transformação na vida das pessoas. “Quando a gente investe na Educação, principalmente da criança pequena, a gente investe no futuro dos nossos cidadãos”, afirmou, destacando também os investimentos feitos pela gestão do prefeito Hildon Chaves desde a primeira infância, com prioridade nessa faixa etária de 6 a 8 anos de idade, que é quando a criança deve estar alfabetizada.

 

| Foto: Felipe Ribeiro/SMC
| Com informações da Secretaria Municipal de Comunicação da Prefeitura de Porto Velho