dsc09558

Bancada do União Brasil na Câmara defende leis efetivas contra violência à mulher

Bancada do União Brasil na Câmara defende leis efetivas contra violência à mulher

Deputados e deputadas cobraram punições mais severas a agressores em sessão solene pelo Dia Nacional de Luta Contra Violência à Mulher

Com a presença da bancada feminina do União Brasil, a Câmara Federal realizou sessão solene em homenagem ao Dia Nacional de Luta Contra Violência à Mulher, celebrado na última terça-feira (10). Um dos requerentes do evento, assim como a deputada Silvye Alves (União-GO), o deputado Marangoni (União-SP) citou que uma mulher é vítima de violência a cada quatro horas no Brasil.

“Enquanto essa sessão solene estiver ocorrendo, uma mulher estará sendo violentada no Brasil. Esta é a triste estatística que temos em nosso país, infelizmente. Estamos juntos para reforçar o compromisso do Parlamento brasileiro em promover esta importante data e reconhecer que precisamos avançar na luta contra a violência à mulher. Além de garantir que as mulheres sejam respeitadas e que não sejam violentadas em hipótese alguma: sexual, verbal, física, psíquica e patrimonial”, elencou o parlamentar de São Paulo.

A coordenadora do Observatório Nacional da Mulher na Política da Secretaria da Mulher, deputada Yandra Moura (União-SE), lembrou ainda que “esses tipos de violência são cometidos por gente de dentro de casa”.

“São familiares, companheiros que as mulheres escolheram passar uma vida, que deram amor, carinho e atenção, mas que cometem esse tipo de atrocidade. Os impactos na vida dessas mulheres são desvatadores, começando pela saúde mental. Mulheres que passam por este tipo de violência nunca mais serão as mesmas no sentido psicológico”, lamentou ela.

Para a deputada Fernanda Pessoa (União-CE), a igualdade salarial pode ser um meio de reduzir o índice de violência feminina. “Venho de uma região em que o feminicídio é muito alto, principalmente no Ceará. Precisamos trabalhar para que as mulheres tenham condições de igualdade salarial. Eu acredito que, com a igualdade salarial, vamos diminuir o índice de violência. Teremos mulheres independentes financeiramente e é por isso que temos que trabalhar [na Câmara]”, defendeu.

Já a deputada Rosângela Moro (União-SP) avaliou que as leis atuais ainda são incapazes de proteger as mulheres. “A tipificação do feminicídio no Código [Penal] foi um avanço, mas não tem sido suficiente. Unamos todas as nossas forças para combater todos os tipos de violência. Não é uma tarefa da esquerda ou da direita, é uma tarefa de humanidade. Precisamos de políticas públicas mais eficientes, de investimentos em educação e em campanhas de conscientização e de uma sociedade mais igualitária”, cobrou a parlamentar.

Apoio

Durante a sessão solene, deputados manifestaram solidariedade e apoio à presidente eleita do Tribunal de Contas do Amazonas, Yara Lins. Na última sexta-feira (6), ela denunciou ataques verbais proferidos pelo colega Ari Moutinho, que a chamou de “safada” e “cachorra”.

“Queria me solidarizar com essa grande mulher, a presidente do TCE do Amazonas, doutora Yara Lins, que foi barbaramente agredida por um cidadão que não merece nosso respeito, merece nosso repúdio”, disse a deputada Fernanda Pessoa.
A deputada Rosangela Moro foi na mesma esteira. “Me solidarizo com a sua excelência, a presidente eleita do TCE-AM, Yara Lins. Apresentamos uma nota de repúdio porque nós não podemos mais tolerar essas situações, que acontecem em todos os momentos”, complementou.

Filho de Yara Lins, o deputado federal Fausto Santos Jr. (União-AM) falou do papel dos homens no combate à violência contra as mulheres. “Nós enquanto homens temos a responsabilidade e o dever de combater o machismo, a misoginia, a violência contra as mulheres. Precisamos denunciar porque esse tipo de covardia não pode ficar impune. E quando uma mulher é agredida, eu como filho posso dizer que toda a família está sendo agredida”.

Ainda sobre o caso de agressão à mãe, Santos Jr enfatizou que a punição ao conselheiro Ari Moutinho deve ser exemplar. “Precisamos combater esse tipo de pessoa, principalmente àqueles que se utilizam de um cargo público pensando que por conta disso vão cometer os seus crimes e ficar na impunidade. Agressores não passarão”, finalizou.

Compartilhe
ACM Neto é o novo presidente do Instituto Índigo: “Vamos furar a bolha e promover um debate extenso sobre o futuro que queremos para o país”
31/05/2023
Comissão aprova PL de Sergio Moro que amplia apreensão de bens oriundos do tráfico de drogas
12/09/2023
De autoria do deputado Kim Kataguiri (SP), marco legal dos jogos eletrônicos vai à sanção
11/04/2024
Ronaldo Caiado, Mauro Mendes, Efraim Filho e Wilson Lima
Governadores do União Brasil discutem reforma tributária no Senado
30/08/2023
Três dos quatro governadores mais bem avaliados do país são do União Brasil
Três dos quatros governadores mais bem avaliados do país são do União Brasil
09/08/2023
(mt) mauro mendes
Linha de crédito do Governo de MT incentiva projetos de energia renovável nas empresas
13/06/2023
Senador Alan Rick (Fotografia: Sidney Lins Jr.)
Para ajudar o povo gaúcho, Alan Rick pede aprovação de seu projeto criando auxílio em caso de desastre natural
08/05/2024
LEI JOCA: Deputados Marangoni e Rafael Saraiva levam o tutor, João Fantazzini, para a primeira reunião do grupo de trabalho no Ministério de Portos e Aeroportos
LEI JOCA: Deputados Marangoni e Rafael Saraiva levam o tutor, João Fantazzini, para a primeira reunião do grupo de trabalho no Ministério de Portos e Aeroportos
02/05/2024
Gisela Simona (UNIÃO-MT)
Deputados do União reforçam tolerância zero à invasão de terras no país
25/04/2024
Gisela Simona (UNIÃO-MT)
Deputados do União reforçam tolerância zero à invasão de terras no país
25/04/2024
screenshot.297
Congresso: Parlamentares do União Brasil são destaque na pauta feminina
09/03/2023
4
Goiás terá Delegacia Estadual de Combate à Violência Contra a Mulher
03/04/2024
24
Manifestamos pesar pelo falecimento da presidente do União Brasil Saúde DF
03/04/2024
Foto: Instituto Índigo
Jovens Pelo Brasil discute impacto da economia sustentável na melhora da qualidade de vida do povo amazônico
12/07/2023
Executiva Nacional da União Jovem do Brasil
União Jovem realizará eventos pelo Brasil de olho nas eleições municipais
24/03/2023
Executiva do União Jovem do Brasil com o presidente nacional do União Brasil, Luciano Bivar.
União Jovem apresenta relatório e demandas a parlamentares do partido
24/03/2023
Diretórios do partido